Venha para Ágape fisioterapia

Venha para Ágape fisioterapia
RPG

Google+ Followers

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Pontos de Comando

PONTOS DE COMANDO - Pontos Fonte


FUNÇÕES:
Podem produzir tanto tonificação quanto sedação direta no meridiano;
Atuam restabelecendo o equilíbrio da energia, dispensando excessos e preenchendo carências. Estão relacionados com o Qi Original; nesse ponto, o Yuan Qi de origem flui para a superfície do corpo.
Podem ser utilizados para diagnóstico, uma vez que refletem o estado do Qi Original de cada órgão Yin.
LOCALIZAÇÃO:
Localizam-se próximos ao punho e tornozelo. Tem característica mais Yin (energia ancestral), sendo por isso mais importante para este Sistema (pois o Qi dos Pontos Yuan origina-se do Yuan Qi, que está relacionado aos Sistemas Yin, principalmente ao Rim). Tonificam o Sistema Yin e podem ser utilizados no seu diagnóstico, por refletir o estado de Yuan Qi.
Os pontos Yuan nos Sistemas Yang são utilizados principalmente nos padrões de excesso para expelir os FP. Eles também podem ser utilizados para tonificar os Sistemas Yang, mas essa não é a sua melhor utilidade, e os melhores pontos para isso são os pontos Ho Inferiores (ou de União inferior).
Os Pontos Fonte são:

_________________________________________________
Fonte: Auteroche, B. – Atlas de Acupuntura Chinesa – Canais e Colaterais. São Paulo: Andrei, 2000.
YAMAMURA, Ysao. Acupuntura Tradicional – A Arte de Inserir. São Paulo:          Roca , 2001.
Apostila de ACCE – Disponível em: <http://terapiastradicionais.com/sites/terapiastradicionais.com/files/apostila_acce.pdf> Acesso em: 22 de mar. de 2013

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Principais padrões de desarmonia do figado

Estase de Qi
Etiologia: É um padrão de excesso onde a principal causa de estagnação do Qi do Fígado é a tensão emocional. Os estados de frustração, raiva reprimida ou ressentimento por um longo período dificulta o fluxo suave do Qi, resultando em estagnação do Qi do Fígado.
Ocasionalmente a estase do Qi do Fígado pode ser decorrente de Calor e Umidade perversa externa ou dieta inadequada.
Manifestações Clínicas: Distensão e dor em hipocôndrios e flancos, suspiros,  melancolia, depressão, irritabilidade, raiva inapropriada, sensação de caroço na garganta, sensação de sufocamento em tórax. A língua estará com cor normal, a saburra fina e branca e o pulso em corda.
Em mulheres acrescenta-se ainda: períodos menstruais irregulares, dismenorreia e distensão das mamas.
Principais Manifestações: Sensação de distensão, depressão, mau humor, pulso em Corda.
         Estase de Sangue
Etiologia: Desenvolve-se a partir de outras condições patológicas, principalmente da estagnação do Qi, Frio ou Calor. Sendo a causa mais comum a estagnação.
Manifestações Clínicas: Dor no hipocôndrio, dor abdominal, vômito de Sangue, menstruação dolorosa, sangue menstrual escuro e coagulado, unhas e lábios arroxeados, epistaxe, infertilidade, língua especialmente púrpura, ou apenas nas laterais, pulso em corda ou firme.
Principais Manifestações: Sangue menstrual escuro e coagulado, língua púrpura.
         Fogo do Fígado
Etiologia: É um padrão de Calor por Excesso no Fígado e assim como a estagnação de Qi do Fígado, o Fogo do Fígado é causado pelo estado emocional prolongado de raiva, ressentimento, raiva reprimida ou frustração. A repressão faz o Qi estagnar e implodir resultando em calor. Alimentos também podem contribuir para esse padrão, como já dito, o consumo excessivo de álcool, frituras e carne vermelha.
Manifestações Clínicas: Irritabilidade, propensão a acessos de raiva, timidez, surdez, dor de cabeça temporal, hiperemia da conjuntiva, tontura, rubor facial, sede, gosto amargo, constipação com fezes ressecadas, urina amarelo-escura, língua com corpo vermelho, sendo mais vermelho nas laterais e revestimento amarelo e seco. O pulso  cheio em corda-rápido.
Principais Manifestações: Dor de cabeça, irritabilidade, rubor facial, hiperemia da conjuntiva, língua vermelha com revestimento amarelo.
         Ascensão do Yang
Etiologia: É um padrão de excesso/deficiência. A raiva, ressentimento e frustração sempre afetaram diretamente o Fígado. Neste caso, quando por um período prolongado faz o Qi do Fígado ter um movimento ascendente excessivo. Outra causa está relacionado aos hábitos alimentares, visto que comer depressa, se irritar durante as refeições, comer enquanto trabalha tende a subir o Qi do Fígado, causando o padrão da subida do Yang do Fígado.
Manifestações Clínicas: Dor de cabeça, irritabilidade, tinidos, surdez, sensação de boca e garganta secas, rigidez no pescoço, visão turva, sensação de exaltação. A língua tende a variar de acordo a condição, quando a subida do Yang é em decorrência da deficiência de Sangue do Fígado, o corpo da língua será pálida; se derivar da deficiência de Yin do Fígado, a cor do corpo da língua será ligeiramente vermelha nas laterais e sem revestimento; Se desenvolver-se da rebelião do Qi do Fígado a cor do corpo da língua será normal ou ligeiramente vermelha nas laterais.
Pulso: Em corda.
Principais Manifestações: Cefaleia pulsante, irritabilidade, pulso em corda.
          Deficiência de Sangue do Fígado
Etiologia: A deficiência de Sangue ocorre sempre devido a má alimentação, digo, a falta de nutrientes produtores d sangue que debilita o Baço, que produzirá pouco Sangue, logo o Fígado terá pouco Sangue para armazenar.
A tristeza e o pesar depaupera o Qi, que então falha em produzir Sangue suficiente.
Exercícios físicos excessivos prejudicam principalmente Baço e Rim, estando estes mais fracos a produção de Sangue tende a ser prejudicada. Por outro lado os exercícios físicos excessivos também tendem a lesar os tendões e, portanto, o Fígado, que no fim das contas conduzirá a deficiência de Sangue.
Hemorragia Intensa, por exemplo, a do parto, conduz a deficiência de Sangue.
Manifestações Clínicas: Tontura, entorpecimento ou formigamento dos membros, insônia, visão turva, menstruações escassas, compleição pálido-embotada, fraqueza muscular, cabelos e pele seca, unhas quebradiças, depressão, sensação de falta de propósito, língua pálida, pulso áspero ou fino.
Principais Manifestações: Visão turva, menstruação escassas, compleição pálido-embotada, e língua pálida, pulso áspero.
      
·        _____________________________________________

Fonte: MACIOCIA, G. Os fundamentos da Medicina Chinesa: Um texto Abrangente para Acupunturistas e Fitoterapeutas. 2ª edição  São Paulo: Roca, 2007. 967 p.
McDOLNALD, J.; PENNER, J. Síndromes Zang Fu: Diagnóstico Diferencial e Tratamento. 1ª Edição. São Paulo: Roca, 2010. 583 p.
ROSS, J. Sistemas de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa. 2ª Edição. São Paulo: Roca, 1994. 267 p.

O coração segundo a MTC



 Funções
- Governar o Sangue;
- Controlar os vasos sanguíneos;
- Manifesta-se na compleição;
- Abrigar a mente;
- Controlar a sudorese.
A maioria dos quadros patológicos do coração envolve o sangue e a mente. As funções de governar o sangue e abrigar a mente são funções complementares se influenciam mutuamente.
Quando o sangue e o yin estiverem debilitados a mente sofrerá e quando a mente estiver perturbada em decorrência de fatores emocionais pode induzir a uma deficiência de sangue ou do yin do coração.
Os estados de espírito da mente estão mais relacionados com o fígado e coração, estes órgãos mantém o balanço harmonioso das emoções e de um fluxo suave, adequado e apropriado das reações do estímulo ambiental.
As alterações da mente podem aumentar ou originar a desarmonia emocional diretamente ou através dos estados de deficiência do yin e do sangue. Para que o pulso seja uniforme e normal o Qi do coração e o sangue do coração por serem mutuamente balanceados pelos batimentos cardíacos.
O Zhang Qi, o Qi torácico, auxilia os batimentos do coração e também o pulmão para os movimentos respiratórios. Esta energia também auxilia o coração para movimentar o sangue e o pulmão para circular o Qi, através da rede d canais e pelos tecidos do corpo.
Emoções
Todas as emoções afetam o coração. As sete emoções agitam o coração tem repercussão nos outros órgãos. O coração pode reconhecer e sentir o efeito da tensão emocional.
A emoção relacionada ao coração é a alegria. A alegria por si não afeta o coração, a alegria torna a mente tranquila, o excitamento excessivo é que pode lesar o coração. Com o tempo pode gerar fogo do coração ou calor por deficiência do coração. Especificamente a euforia diminui o movimento do Qi do coração e o torna deficiente.
Outras emoções também afetam o coração. A tristeza, por exemplo, embora relacionada ao pulmão, afetam profundamente o Qi do coração. O pulmão e o coração fornecem ajuda mutuamente, pois um governa o Qi e o outro o sangue. A deficiência do Qi do pulmão quando duradoura afeta o coração e torna o Qi deficiente, em longo prazo pode gerar uma estagnação de Qi, que por sua vez, acaba gerando calor. A deficiência de Qi e a estagnação podem coexistir. Quando Coração e Pulmão estão afetados podem ser manifestadas frequentemente o pulso fraco.
A raiva afeta diretamente o fígado e indiretamente o coração, os padrões que o a raiva causa no fígado podem ser transmitido facilmente ao coração. A raiva provoca a subida do Yang do Fígado que pode ser facilmente transmitido ao coração, causando o Fogo do Coração.
A preocupação tende a estagnar o Qi do Coração como resultado apresenta palpitações, opressão no tórax e insônia.
Dieta
A falta de nutrientes ou a falta de alimentos produtores de Sangue pode ocasionar deficiência do Qi do Baço. O Qi do alimento produzido pelo Baço é a base para a produção de Sangue, se há uma deficiência de nutrientes por um longo período ocasionará deficiência de Sangue que pode debilitar o coração causando deficiência de Sangue do Coração.
Por outro lado, o consumo excessivo de alimentos de energia quente, por exemplo, carne vermelha, pimenta e outros temperos, e especialmente o álcool, pode contribuir para o padrão de Fogo do Coração.
O consumo excessivo de alimentos quentes e gordurosos causa Fleuma-Fogo no Coração; O Fleuma pode ser causado pelo consumo excessivo de alimentos gordurosos, frios ou crus e derivados do leite, mas esse padrão para obstruir o Coração a origem dietética é associada a problemas emocionais graves.

_________________________________________________________________________
Fonte: MACIOCIA, G. Os fundamentos da Medicina Chinesa: Um texto Abrangente para Acupunturistas e Fitoterapeutas. 2ª edição  São Paulo: Roca, 2007. 967 p.
ROSS, J. Sistemas de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa. 2ª Edição. São Paulo: Roca, 1994. 267 p.

O homem e o gênio

O homem e o gênio - Swami Vivekananda

"Havia um homem pobre que desejava algum dinheiro e tinha ouvido dizer que se conseguisse agarrar um gênio poderia ordenar-lhe que lhe trouxesse 
dinheiro ou qualquer outra coisa que desejasse. 

Estava, portanto, muito ansioso para agarrar um gênio. Foi procurar um homem que lhe desse um gênio, e acabou por encontrar um sábio com 
grandes poderes. 
Solicitou seu auxílio e o sábio perguntou-lhe o que faria ele com um gênio.
- Desejo um gênio para trabalhar em meu benefício. Ensinai-me como agarrar um, senhor. Desejo isso mais que tudo.
Mas o sábio respondeu:
- Não vos preocupeis. Voltai para a vossa casa.
No dia seguinte, o homem tornou a procurar o
sábio, e começou a chorar e a suplicar:
- Dai-me um gênio. Preciso de um gênio, senhor, para ajudar-me.

O sábio acabou por aborrecer-se, e disse-lhe:

- Tomai este talismã, repeti esta palavra mágica e o gênio virá, fazendo o que quer que lhe ordeneis fazer. Mas tende cuidado. Os Gênios são terríveis e devem ser mantidos constantemente ocupados. Se deixardes de dar trabalho ao vosso, ele vos tirará a vida.
O homem respondeu:
- Isso é fácil. Posso dar-lhe trabalho por toda a sua vida.

Então, foi à floresta, e depois de ter repetido
longamente a palavra mágica, um enorme gênio lhe apareceu e disse:
- Sou um gênio. Fui conquistado por tua magia, mas deves manter-me constantemente ocupado. No momento em que deixares de me dar trabalho, eu te matarei.

O homem disse:

- Constrói então um palácio.
O gênio respondeu:
- Está feito. O palácio já está construído.
- Dá-me dinheiro - falou o homem.
- Aqui está o seu dinheiro - replicou o gênio.
- Derruba esta floresta e constrói uma cidade em seu lugar.
- Está feito - disse o gênio - Mais alguma coisa?

Então o homem começou a se assustar, e pensou que nada mais poderia ordenar ao gênio, que fazia tudo num abrir e fechar de olhos.
O gênio declarou:
- Dá-me algo para fazer, senão eu te matarei.

O pobre homem já não encontrava ocupação para ele e estava apavorado. Correu, correu, e por fim encontrou o sábio e disse-lhe:
- Oh! Senhor, protegei a minha vida.


O sábio perguntou-lhe o que lhe acontecia, e o
homem respondeu:
- Não tenho mais nada para ordenar ao gênio. Tudo o que eu lhe digo, ele faz num momento, e ameaça matar-me se não lhe der trabalho.

Nesse momento chegou o gênio, dizendo:

- Eu te matarei.
E ia matar o homem, que começou a tremer, suplicando ao sábio que lhe salvasse a vida. O sábio falou:
- Encontrarei uma saída. Olhai para este cão, que tem a cauda curva. Arrancai rapidamente a vossa espada e cortai-lhe a cauda, dando-a ao gênio para endireitá-la.

O homem cortou a cauda e, lenta e
cuidadosamente, o gênio endireitou-a. Mal, porém, largou dela, eis que de novo se enrolou. 

Assim ficou o gênio durante dias e dias, até que se sentiu exausto e disse:
- Nunca na minha vida tive transtorno igual. Sou velho, um gênio veterano, mas nunca cheguei a transtorno igual. Vou fazer uma combinação contigo: liberta-me, e poderás conservar tudo quanto lhe dei, com a minha promessa de que não te farei mal.

O homem ficou encantado e aceitou alegremente a
oferta.

Este mundo é como a cauda enrolada de um cão, e as pessoas levam a lutar para endireitá-la durante centenas de anos. Quando largam dela, eis que de novo se enrola. Como poderia ser de outra maneira?

É preciso, primeiro, saber como trabalhar sem
apego, para que não se chegue a ser um fanático. 
Quando soubermos que este mundo é como a cauda enrolada de um cão, cauda que jamais poderá ser endireitada, não nos tornaremos fanáticos. Se 
não houvesse fanatismo no mundo, ele progrediria muito mais do que agora. É um erro supor que o fanatismo pode impulsionar o progresso da humanidade. Pelo contrário, é um elemento que retarda esse progresso, gerando ódio e cólera, e levando os indivíduos a lutarem uns contra os outros, fazendo-os sentirem-se mutuamente antipáticos.

Pensamos que o que quer que possuamos ou façamos
é a melhor coisa do mundo, e que o que não possuímos nem fazemos nada vale. Lembrai-vos 
sempre, portanto, da história da cauda enrolada do cão, de cada vez que tiverdes tendência para vos fanatizar. Não precisai preocupar-vos ou ficar insones por causa do mundo, ele seguirá sem vós.

Quando tiverdes evitado o fanatismo, e só então,
trabalhareis bem. O homem de cabeça bem equilibrada, o homem calmo, de bom julgamento e nervos frios, dotado de grande capacidade de simpatia e amor, é o que faz bom trabalho, e assim fazendo, faz bem a si próprio. O fanático é insensato e não tem simpatia. 
Jamais poderá endireitar o mundo, nem se tornará puro ou perfeito.
Swami Vivekananda em As Quatro Yogas de Auto-realização.

Os dois meninos_Conto zen

Os dois meninos - Conto Zen

"Há uma história zen.
Havia dois mosteiros vizinhos cujos mestres tinham meninos de recados. Os dois meninos costumavam ir ao mercado, buscar legumes ou outras coisas para os mestres.

Esses mosteiros eram antagônicos entre si, mas meninos são meninos. Esqueciam-se de suas doutrinas e encontravam-se no caminho para conversar e se divertir juntos.
Estavam proibidos de conversar, pois os mosteiros eram inimigos.

Um dia, o menino do primeiro mosteiro disse a seu mestre:
"Estou confuso; estava indo ao mercado quando vi o menino do outro mosteiro e lhe perguntei: Aonde você está indo? Ele me respondeu: Para onde o vento soprar. Fiquei sem saber o que dizer; ele me confundiu."

O mestre então disse: 
"Ninguém do nosso mosteiro foi alguma vez derrotado por alguém do outro, nem mesmo um empregado; portanto você tem de acertar as contas com esse menino. Amanhã pergunte novamente aonde ele está indo. Quando ele disser: Para onde o vento soprar, você dirá: E se não tiver vento?"
O menino não conseguiu dormir a noite toda, pensando no que aconteceria no dia seguinte. Ficou ensaiando muitas vezes como falaria com o outro garoto.
No dia seguinte esperou à beira da estrada e quando o outro menino chegou, ele logo lhe perguntou: 
"Aonde você está indo?"
O garoto respondeu: "Aonde meus pés me levarem."

O primeiro menino ficou novamente sem saber o que dizer. Sua resposta estava preparada. Mas a realidade é imprevisível. Ele voltou muito triste e disse ao mestre:
"Aquele menino não é digno de confiança. Ele mudou e eu fiquei sem saber o que fazer."
Então o mestre disse: "Da próxima vez quando ele responder : Aonde meus pés me levarem você dirá: E se você ficar aleijado, ou se suas pernas forem cortadas?"

Novamente o menino não pôde dormir. 
De manhã cedo, foi esperar o outro na estrada. Quando ele chegou, o primeiro perguntou: 
"Aonde você está indo? E o menino respondeu: Buscar legumes no mercado."
O primeiro menino ficou atrapalhado e foi dizer ao mestre: "Esse menino é impossível! Está sempre mudando!"

A vida é aquele menino.
A realidade não é um fenômeno fixo.
Você tem de estar presente nela espontaneamente, só então a resposta será real.
Se sua resposta é preparada de antemão, você já está morto.
Então virá o amanhã, mas você não existirá mais. Estará preso no ontem, no que passou.
Todas as mente muito verbais são fixas. (...)
Essa é a diferença entre um homem de sabedoria e um homem de conhecimento. 
O homem de conhecimento tem respostas prontas - você pergunta a resposta já está lá. (...)
Se você vai a um homem de sabedoria ele não tem respostas para você. Não tem nada pronto.
Ele está aberto; é silencioso. Ele responderá mas primeiro sua pergunta irá ressonar no seu Ser e não na sua memória. Ninguém pode predizer qual será sua resposta."
Osho em Raízes e Asas.

TERAPIA INTEGRATIVA: O conformismo que mata lentamente

TERAPIA INTEGRATIVA: O conformismo que mata lentamente: O que mata lentamente as pessoas é o conformismo, a preguiça de mudar e transformar a própria realidade, porque é claro, requer esforço,...

TERAPIA INTEGRATIVA: VOCÊ SABIA QUE O MEL É O ÚNICO ALIMENTO QUE NÃO ES...

TERAPIA INTEGRATIVA: VOCÊ SABIA QUE O MEL É O ÚNICO ALIMENTO QUE NÃO ES...: O mel é produzido em quase todos os países do mundo. Apesar de ser doce, a ciência demonstrou que, tomado em doses normais como medica...

Leitura Biológica: Microfisioterapia e Leitura Biologica

Leitura Biológica: Microfisioterapia e Leitura Biologica : Vou fazer um relato bem simples do que é a microfisioterapia junto com a leitura ...