Você é e sempre foi um sucesso! Não acredita? Posso provar.
 Sua vida é obra sua. Você é responsável por suas experiências. Mesmo aquelas que parecem não depender de você foram atraídas por sua forma de pensar. O fracasso não existe. Seu subconsciente trabalha na materialização de suas crenças. Ele não tem senso de humor. Faz sempre o que você crê.
As coisas não vão bem? Só colhe infelicidades? É hora de perceber como você faz isso. Certamente não escolheu a atitude adequada para obter bons resultados. Mudando essa atitude, tudo se modificará.

Você está na Terra para aprender a lidar com as leis que regem a vida, evoluir e ser feliz. A vida programa nossas experiências conforme nossas necessidades, a fim de conquistarmos a sabedoria.
Na queixa há uma justificativa para continuar a ser como é, mas há também uma autoimagem negativa. Você pensa que não pode fazer nada, que é incapaz e não merece. Conforma-se em ser pobre, ficar em segundo plano. Pensa primeiro nos outros (é feio pensar em você primeiro). Acha que para ter, outros vão perder. Esses pensamentos são depressivos e atraem a infelicidade.

Seu subconsciente recebe as mensagem que você lhe envia. Você tem o poder de criar o próprio destino. Se deseja viver melhor, reconheça isso e trate de cultivar o oposto.

Comece fazendo uma lista de suas crenças e até das frases que costuma dizer. Se for sincera e ficar atenta, vai perceber quais as crenças que são responsáveis por sua infelicidade. Não pense mais nelas. Esqueça-as. Quanto mais preocupar-se em eliminá-las, mais as alimentará. Em seus relacionamentos, ao invés de perguntar “Como vai?”, que dará chance a que as pessoas se queixem, prefira exclamar: “Como você está bem! Que maravilha!”

Quando alguém se queixa e você acha que precisa ser solidária para parecer boa e que sofre com a dor alheia, com certeza vai carregar uma boa parte das energias negativas da pessoa. E, se você for muito sensível, é possível que a queixosa acabe por sentir-se melhor e você saia dali derreada. Nunca lhe aconteceu isso?

Faça afirmações positivas sempre usando o presente. Exemplo: “Eu sou feliz”, “Tenho muita sorte”, “Minha saúde está cada dia melhor”, etc. Escreva-as e espalhe-as em sua casa, nos lugares onde possa vê-las constantemente. Repita-as várias vezes ao dia. Não esqueça de pôr emoção nelas e ignore aquela voz que lhe diz: “Não vai funcionar” Insista.

Lembre-se: você colhe o resultado de suas escolhas e tem o poder de mudar o que não deu certo. Para o bem ou para o mal. Você sempre foi um sucesso.

Texto de Zibia Gasparetto

Postagens mais visitadas deste blog

Teoria dos Meridianos

TENOSINOVITIS DEL TIBIAL POSTERIOR

Cefaléia, segundo a MEDICINA CHINESA