Google+ Followers

sábado, 16 de junho de 2012

Podemos viver um bom tempo sem alimento, mas só alguns minutos sem ar. Todos sabemos disso. Poucos, porém, sabem que respirar pode significar muito mais do que deixar que o corpo apreenda o ar de que necessita. Poucos sabem que a respiração representa um importante elo entre o corpo e o espírito, e que exerce uma profunda influência sobre o evento psicossomático. Por isso, o treinamento sistemático da respiração pode levar a um sensível bem-estar e a experiências positivas em todos os níveis da nossa existência.

Todos os caminhos e terapias alternativas dos nossos dias visam conduzir o homem de encontro ao seu interior, promover seu autoconhecimento. Uma contribuição essencial para isso pode resultar da respiração que é a expressão de um processo profundamente interior. Com ela, temos em mãos um instrumento que, conduzido pela nossa vontade, tem a possibilidade de dirigir-se até os processos inconscientes e autônomos do nosso corpo, possibilidade essa da qual somente o homem, entre todos os seres vivos, pode dispor. Assim, por exemplo, a atividade cardíaca, a freqüência do pulso, a digestão e também as emoções reprimidas podem ser influenciadas, profundamente modificadas e até eliminadas pela respiração objetivada. Quem não ouviu falar dos iogues que se deixam enterrar vivos por três semanas?
Podemos experimentar em nós mesmos aquilo de que a respiração é capaz: sentando-nos em posição ereta, numa cadeira, concentramo-nos na respiração e, de olhos fechados, eliminamos todos os outros pensamentos. Agora, prolongamos, pouco a pouco, o tempo de expiração e da inspiração, "observamos a respiração". Depois de cinco minutos, iremos sentir que uma calma benéfica nos invade, e que as
nossas preocupações e os nossos problemas diminuiram.


Exercício Preliminares
Este treino de descontração deveria ser realizado sempre em primeiro lugar, quando nos preparamos para os exercícios respiratórios. Deitamo-nos numa esteira e, com os braços acima da cabeça, estiramo-nos para cima e para baixo. "Crescemos além" do corpo. Em seguida, começamos com o próprio relaxamento. Os braços estão esticados ao lado dos quadris, os pés um pouco afastados um do outro, nas costas, unimos um pouco mais as omoplatas, de modo que possamos virar a palma das mãos para cima. O queixo aponta
levemente para o peito. Os olhos estão fechados, os globos oculares dirigidos para a base do nariz, como se
quiséssemos olhar para dentro do cérebro. Acompanhando a crescente sensação de peso nos braços e pernas, na cabeça e no tronco, deixamo-nos afundar cada vez mais como se mergulhássemos num grosso paredão de plumas. Agora, observamos a nossa respiração. No lugar onde nasce o impulso de inspirar, aí está o nosso centro. Não interferimos no acontecimento natural; apenas o observamos, o testemunhamos. Inteiramente por si mesma, a respiração se torna mais lenta e calma e, sem nenhum ruído, o alento entra e sai. A boca está fechada. Experimentamos a sensação: "Respira-se dentro de mim."
No relaxamento completo, distanciamo-nos das coisas, sejam elas importantes ou não, distanciamo-nos do quotidiano e, neste instante, vemos como todos os problemas se tomam menores ou insignificantes. Tudo se distancia de nós, como pessoas que desaparecem numa longa alameda. Relaxamento significa vigilância interior e máxima concentração. Não devemos confundi-lo com um cochilo agradável.

Exercício: A "Cobra Sibilante" - Estimulante Circulatório
Sentado. Sentamo-nos em postura reta e, expandindo o peito, deixamos que a inspiração nos encha de ar; interrompemos a inspiração por um instante e, em seguida, expiramos bem lentamente, sibilando "sss". Essa resistência intercalada chama forças ocultas à superfície.
Fazer o exercício de três a cinco vezes.
Efeito: estimulação da circulação, aumento da pressão sangüínea, combate à falta de vontade e ao cansaço.
Imaginamos: "A cada dia, minha resistência aumenta mais."

Fonte: Livro a força curativa da respiração.

Seja Feliz agora!


Acesse o Artigo Original: http://amagiademanmasouldropeu.blogspot.com/2010/10/respiracao-para-combater-o-stress.html#ixzz1y08Ml8JW

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quiropuntura

Quiropuntura
Acupuntura nas palmas das mãos