Pessoal, hoje me deparei com um dos acontecimentos mais corriqueiros no meu dia-a-dia. A perda do foco!
Quase não postei justamente por isso! Então resolvi pesquisar algumas dicas sobre como manter o foco sob vigilância, acompanhe!

01 – Fazer tudo ao mesmo tempo é fazer nada. Tentar atender a todas as demandas pode fazer você pirar. Não queira ser tudo pra todos, defina o que realmente é importante para fazer e planeje bem escrevendo o que precisa ser feito primeiro.

02 – Respeitar seu biorritmo é fundamental. Esse é um ponto fundamental, pois precisamos respeitar nossos horários. Algumas pessoas, assim como eu, funcionam melhor na parte da manhã, outras à tarde, e outras ainda, na parte da noite. Cada um sabe que horas está mais concentrado e produtiva, descubra o seu horário produtivo.

03 – Elimine o mito da multitarefa. Já me peguei trabalhando em vários projetos ao mesmo tempo. Certo dia, eu estava trabalhando com dez programas abertos, saltando de uma idéia para outra, mas no final do dia não tinha finalizado nenhum dos projetos. Foi quando me comprometi a mudar. Como? Escolhendo fazer uma coisa de cada vez.

04 – Gostar daquilo que você estiver fazendo. O segredo do sucesso não é apenas fazer aquilo que você gosta, mas gostar do que estiver fazendo. Pesquisas com artistas mostraram que o trabalho saia muito melhor quando eles por conta própria buscavam serem melhores naquilo que estavam fazendo. E para isso, você precisa realmente gostar da atividade que escolheu.

05 – Estabeleça um prazo para finaliza a tarefa. Se você quer terminar seu dia e ver que realmente foi produtivo, precisa criar uma estratégia para que isso aconteça. Determine tempos para terminar suas tarefas, e se dê recompensas para cada prazo cumprido. Isso faz com que você tenha prazer em realizar seus objetivos dentro de um prazo programado.

É isso pessoal, espero que utilizem-se destes recursos simples porém muito eficazes!

Abraços!

Postagens mais visitadas deste blog

Teoria dos Meridianos

TENOSINOVITIS DEL TIBIAL POSTERIOR

Cefaléia, segundo a MEDICINA CHINESA