Google+ Followers

sábado, 16 de junho de 2012

DESVENDANDO AS DORES DE CABEÇA!!

As dores de cabeça podem ocorrer em uma série de padrões de doenças na Medicina Tradicional Chinesa. Algumas cefaléias estão associadas a influências nocivas externas, como vento-frio, vento-calor ou vento-umidade. Outras ocorrem como um sintoma de desequilíbrios internos, como fogo do fígado, estagnação do xue (sangue), deficiência de qi ou deficiência de sangue.

É importantíssimo fazer uma avaliação minuciosa do paciente para se obter o diagnóstico correto ao tratar a cefaléia, já que o tratamento errado pode piorar o problema.
 
Diagnóstico de acordo com os Meridianos:
1)      Dor no TOPO da CABEÇA – ligada aos meridianos do Fígado e do Mestre do Coração e é mais frequente devido à deficiência de Sangue no Fígado e neste caso a dor será do tipo surda e melhora após descanso. Pode também ocorrem aquando ascensão do Yang do Fígado, sendo neste caso uma dor aguda.
2)      Dor nos LADOS da CABEÇA – ligada aos meridianos do Triplo Aquecedor e Vesícula Biliar e é mais frequente devido à ascensão do Yang, Fogo ou Vento do Fígado. É uma dor aguda e latejante.
3)      Dor de UM LADO da CABEÇA – também ligado ao meridiano da Vesícula Biliar, também atribuída à ascensão do Yang ou Fogo do Fígado.
4)      Dor nas TEMPORAS da CABEÇA – também característica do meridiano da Vesícula Biliar, geralmente dor do tipo latejante como causa da ascensão do Yang, Fogo ou Vento do Fígado.
5)      Dor ATRÁS dos OLHOS – dor é atribuída à Deficiência do Sangue do Fígado se a dor for surda ou ascensão do Yang do Fígado se a dor for aguda e severa.
6)      Dor na REGIÃO FRONTAL da CABEÇA – dores são geralmente relacionadas como Estômago. Indica Deficiência no Estômago se esta for surda ou Calor do Estômago se for aguda. Este tipo de dor é associada a uma sensação de peso na cabeça, atordoamento e falta de concentração, poderá haver também tonturas e visão turva.
7)      Dor ATRÁS da CABEÇA – no caso de cefaleias crónicas geralmente atribuídas à Deficiência do Rim, manifestando-se no meridiano da Bexiga. As dores agudas nesta área são atribuídas à invasão de Vento externo e esta dor é acompanha com uma forte rigidez nas costas e pescoço
8)      Dor em TODA a CABEÇA – no caso de dores crónicas são atribuídas à Deficiência do Rim e será dor do tipo surda em toda a cabeça, acompanhado com sensação de vazio. As dores agudas são atribuídas à invasão de Vento externo, estas dores são severas e por vezes acompanhadas de uma sensação de puxão.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quiropuntura

Quiropuntura
Acupuntura nas palmas das mãos